domingo, 20 de junho de 2010

Andar sobre as Águas

"Logo a seguir, compeliu Jesus os discípulos a embarcar e passar adiante dele para o outro lado, enquanto ele despedia as multidões. E, despedidas as multidões, subiu ao monte, a fim de orar sozinho. Em caindo a tarde, lá estava ele, só. Entretanto, o barco já estava longe, a muitos estádios da terra, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário. Na quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando por sobre o mar. E os discípulos, ao verem-no andando sobre as águas, ficaram aterrados e exclamaram: É um fantasma! E, tomados de medo, gritaram. Mas Jesus imediatamente lhes disse: Tende bom ânimo! Sou eu. Não Temais! Respondendo-lhe Pedro, disse: Se és tu, Senhor, manda-me ir ter contigo, por sobre as águas. E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou por sobre as águas e foi ter com Jesus. Reparando, porém, na força do vento, teve medo; e, começando a submergir, gritou: Salva-me, Senhor! E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, tomou-o e lhe disse: Homem de pequena fé, por que duvidaste? Subindo ambos para o barco, cessou o vento. E os que estavam no barco o adoraram, dizendo: Verdadeiramente és Filho de Deus! (Mt. 14: 22-33)
Quantas vezes não agimos como Pedro? Olhamos para as circunstâncias que nos fazem afundar e temos medo de prosseguir. Mas há alguém estendendo a mão, disposto a nos ajudar; e esse alguém é Jesus, aquele que nos ama tanto e nunca nos abandonará. Que possamos confiar Nele, ter fé, pois com Ele poderemos andar sobre as águas também!

video

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Set the World on Fire

video

Catando Gravetos


Onde está o fogo de Deus? Onde está o amor? Dia após dia temos olhado apenas para nós e não vemos que há pessoas ao redor, clamando por um amor verdadeiro ou apenas um sincero abraço. Onde estão as pessoas que levarão esse amor? "O amor se esfriará de quase todos." (Mt. 24:12). Não podemos deixar o fogo de Deus em nós se apagar, o amor ao perdido se acabar; precisamos aquecer os corações que hoje se encontram congelados pelas circunstâncias.
Para que servem os gravetos? Para manter o fogo aceso e aquecer os que estão à sua volta. "Sem lenha o fogo se apaga." (Pv. 26:20). Mas um graveto não se move sozinho, alguém precisa pegá-lo e levá-lo à fogueira. Quero ser esse alguém, disposta a enfrentar o frio para ser uma catadora de gravetos.